quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

O show deve continuar?!

Desde consagrados atores de novelas com alto índice de audiência até aquele jovem com piercings e tatuagens da última edição de um reality show. Mulheres frutas, jogadores de futebol, aspirantes a cantores. Enfim, as novas celebridades. Mas o que é celebridade? Segundo o dicionário Michaelis, celebridade, que vem do latim celebritate, é a qualidade daquele que é célebre, uma pessoa de grande fama, uma pessoa célebre, notória.

Hoje é o que não falta por aí, pessoas famosas. Ficou cada vez mais fácil ser uma “tal celebridade”, algumas mulheres apelam para o corpo para ficarem conhecidas, célebres. Melancia, maçã, morango, melão e jaca. Frutas? Também! Algumas garotas adotaram essas frutas como seus nomes artísticos e abusaram da exposição do corpo para ficarem conhecidas como mulheres frutas, para a alegria dos marmanjos.

Até que ponto essa exposição é válida? Tomando as mulheres frutas como exemplo, que mostram seus corpinhos pelo Brasil a fora em revistas e sites. O mundo das celebridades, por mais que você queira se afastar ao máximo dele, vai ser jogado diretamente em você e também será assimilado. Babado, EGO e O Fuxico são os principais portais de “notícias” sobre o assunto, sobre as celebridades. Muitas vezes apelam na informação visual, colocando bumbuns, peitos e afins em suas chamadas para atrair mais audiência e continuar fazendo dinheiro.

A mídia hoje depende muito dessas celebridades. Seja a revista, o jornal ou a internet. A fofoca diária sobre a vida de famosos vira espetáculo. Saber o que determinada pessoa está fazendo, o voyerismo passa a fazer parte do cotidiano das pessoas. Os famosos reality shows, os BBBs, Ídolos e por aí afora, ilustram essa idéia do voyeur. Esses programas que tentam simular a realidade de maneira grosseira são fábricas de celebridades. Mas por quê? Não é possível entender a causa de aquelas pessoas virarem celebridades.

A verdade é que atualmente as celebridades surgem sem o mínimo esforço e caem nas graças do povo. O que faz com que ocorra certa banalização sobre as celebridades e o mundo em que elas vivem, que não deixa de ser um mundo paralelo, uma realidade muitas vezes falsa e superficial.

Nenhum comentário: