segunda-feira, 12 de abril de 2010

Paulista, Paulistinha ou Paulistão?

Depois de quase um ano sem postar aqui, rascunhei algumas coisas sobre o Campeonato Paulista. Espero que gostem.

Paulista, Paulistinha ou Paulistão?

Muitos querem acabar com os campeonatos estaduais de futebol, especificamente o Campeonato Paulista. Afirma-se que o futebol apresentado não é de qualidade, as equipes não são bem preparadas ou que existem muitos times, o mesmo número de um Campeonato Brasileiro: vinte (20). Há sim muitos clubes competindo no Paulista, e a maioria deles é bem ruim.

Geralmente acontece o previsível, os quatro grandes, Corinthians, Palmeiras, Santos e São Paulo, são os que mais pontuam e se enfrentam nas semifinais. Não foi o que aconteceu na edição deste ano no Paulistinha. Surpresa. Dois pequenos, o Santo André e o Grêmio Prudente, ex-Grêmio Barueri, derrubaram Palmeiras e Corinthians, dois grandes, e chegaram às semifinais. Sem falar de São Caetano, Ponte Preta e Portuguesa, clubes considerados médios, mas que raramente conseguem alguma coisa, além de escapar do rebaixamento.

Dois grandes se enfrentam em uma semifinal, Santos e São Paulo, enquanto dois pequenos, Santo André e Grêmio Prudente, se enfrentam na outra. O Santos saiu na frente ao vencer o São Paulo por 3 a 2, jogando no Morumbi, estádio do São Paulo, e o Santo André ganhou do Grêmio Prudente, também fora de casa, por 2 a 1 e de virada. Semana que vem o segundo jogo da semifinal acontece e descobriremos quem serão os times que disputarão a final, sendo um Paulistão e outro Paulistinha. Mas essa não é a discussão em pauta.

O Palmeiras, o grande Palestra, foi o primeiro grande a ver suas chances de conseguir a classificação para a próxima fase do Campeonato Paulista desaparecerem. Aí alegaram que não é um campeonato de expressão, que o foco está na Copa do Brasil e no Campeonato Brasileiro. Balela.

Depois veio o Corinthians, ano do seu centenário, foco na Libertadores, “Campeonato Paulista prá quê?”, afirmavam. Pouco importava mais um estadual. Mas na hora em que o clube perdeu para os Paulistinhas, os pequenos e mal-preparados times, lutou e não conseguiu se classificar, ficou com um gostinho amargo na boca, pois os torcedores do Timão queriam sim mais um Campeonato Paulista para somar no currículo e poder tirar vantagem dos rivais.

A verdade é que o Campeonato Paulista é visto com desdém pelos grandes, e com apreço pelos pequenos. Para os grandes, é o Paulistinha, que tem pouca importância, enquanto para os pequenos, é o Paulistão, pois ali está a chance de brilhar e conquistar um título de expressão, de acordo com suas realidades.

Afinal, como será que a história vai terminar: um Paulistão ou um Paulistinha campeão? Vamos ver porque que as equipes menores, do interior ou não, merecem estar no Campeonato Paulista, o Paulistinha, o Paulistão.

Charge: Reprodução