sábado, 21 de junho de 2008

O gigante russo acordou

A Rússia venceu a seleção holandesa na tarde deste sábado por 3 a 1. Foi um grande jogo e os russos mereceram a vitória. Creio que a Rússia é a "zebra" da Euro 2008, ainda mais por derrotar a badalada seleção laranja.

O jogo foi muito emocionante e só foi definido no segundo tempo da prorrogação. A seleção russa corria mais em campo, estava mais concentrada. Os russos conseguiram anular o meio-campo holandês com uma excelente marcação.

Depois de tanto pressionar os russos chegaram ao gol. 10 minutos do segundo tempo, Pavlyuchenko recebeu cruzamento rasteiro e mandou para o fundo das redes de Van der Sar. Esse gol deixou o time da Holanda ainda mais desconcertado em campo.
Com a vantagem, a seleção russa não deixou de pressionar, já que queria aumentar o placar. Foi um gol desperdiçado atrás do outro. Mas o jogo ainda ficou mais emocionante, pois aos 40 minutos do segundo tempo Van Nistelrooy cabeceou para dentro do gol e empatou o jogo após uma cobrança de falta.

Prorrogação. Mesmo sofrendo o empate no finalzinho do tempo regulamentar, a Rússia não se abalou e partiu para cima da Holanda no primeiro tempo da prorrogação, aproveitando boas oportunidades com direito até a um belo chute de Pavlyuchenko que acertou o travessão.

Foi no segundo tempo da prorrogação que as coisas aconteceram. A seleção russa comandada pelo holandês Guus Hiddink foi muito superior à Holanda durante todo o jogo e chegou ao segundo gol com Torbinski, que aproveitou bela jogada e cruzamento feitos por Arshavin. Isso aos 7 minutos.

Os holandeses começaram a jogar na base do chutão, o que acabou não surtindo efeito algum. E para acabar com as esperanças do comandante da "Laranja Mecânica", Marco Van Basten, aos 10 minutos Arshavin aproveitou desatenção da defesa holandesa e fez belo gol.

Rússia 3 x 1 Holanda. Um resultado justo para o que se viu durante os 120 minutos de jogo. Parabéns para a Rússia, uma seleção que batalhou do início ao fim, acreditando em todas as bolas. Em outras palavras, a seleção russa jogou muita bola e arrebentou com o time holandês, que prometia muito e acabou falhando quando não devia.

Os russos aguardam o seu adversário na semifinal da Euro 2008: o vencedor do confronto entre Espanha e Itália, jogo que acontece amanhã às 15h45.

4 comentários:

Alexandre disse...

Apenas acrescentando, para mim Marco Van Basten perdeu a partida quando colocou em campo o jogador Afellay, quando podia ter colocado Arjen Robben. Com Robben a seleção holandesa iria ganhar mais velocidade e poderia criar mais oportunidades de gol.

XAN!

Eddie disse...

Fala Xan!

Esse Blog ta muito bom cara, muito mais facil ficar por dentro do que acontece no mundo do Futiba!

Boa sorte mano,

Continua assim.

abração

Eddie Borges

Rafael disse...

Eu fico com dó da Holanda. Não sei se mereceu perder ou se não mereceu, mas me parece que a Holanda nunca ganha nada...!
abraçs!

Eddie disse...

Times bem preparados SEMPRE ganham, meu caro, é o caso do Brasil, já foi melhor.
Acredito que quem perde, sabe por que perdeu.