terça-feira, 10 de junho de 2008

La Furia... y David Villa

Mais um massacre na Euro 2008. Desta vez foi Espanha que goleou a Rússia por 4 a 1. O grande nome da partida foi o atacante David Villa, que marcou três dos quatro gols da seleção espanhola.
A Espanha começou tocando bem a bola e apresentando saídas rápidas para o ataque. Não tardou para sair o primeiro gol. Com 19 minutos de jogo, Fernando Torres avançou na defesa russa, se livrou da marcação e passou para Villa abrir o placar.

A Furia, como é chamada a seleção espanhola por seus torcedores, se portou muito bem em campo e, apesar de perder na posse de bola para a Rússia, apresentou jogadas mais efetivas.

Numa jogada rápida de contra-ataque, aos 43 minutos do primeiro tempo, Iniesta deu uma arrancada e fez um belo passe por entre os defensores russos, deixando Villa cara-a-cara com o goleiro Akinfeef. O atancante que atualmente joga na equipe do Valência não desperdiçou e aumentou o marcardor para 2 a 0 em favor da Espanha.

No segundo tempo, mesmo embaixo de muita chuva, Villa não desanimou. Em mais um contra-ataque, aos 28 minutos, o espanhol transformou a vitória em goleada e marcou o terceiro gol da Furia, e o seu terceiro tento.

A Rússia começou a pressionar a Espanha e consegui diminuir com Shirokov após cobrança de escanteio aos 41 minutos. Mas não houve tempo de reação, pois a Espanha se lançou para o ataque mais uma vez e liquidou a partida com um gol de cabeça de Cesc Fabregas, que havia entrado no segundo tempo no lugar de Fernando Torres.

4 comentários:

ncservilha disse...

Adorei o blog Xan! Muito bom mesmo :) Vou passar aqui sempre que der e o meu Palmeiras não for atropelado ^^ hahahah
Beijãooo

Renato disse...

Opaaa... demais o blog! Garanto que vai ser muito prestigiado pelos amantes do futebol heheh... só falta complementar com mais esportes, né?

E muito bem colocado pela guria aqui: não é só porque você é TIMÃO na cabeça que vai deixar o nosso Palestra de lado, né? UHEueHuEH

Abraços!

Alexandre disse...

Com certeza não deixarei o Palestra de lado!

Pode ficar tranqüilo, Renatão!

Abraço!

hiroi disse...

Assisti o jogo Espanha x Rússia. Como o futebol da Espanha e burocrático... Sempre as mesmas jogadas, sem objetividade e digno de vencer uma defesa mal arrumada como a da Rússia.
A Espanha tem o melhor campeonato nacional porque vive dos astros estrangeiros, porque seus jogadores locais com qualidade pra brilhar em um campeonato europeu são poucos...
Não gostei da "Furia" no jogo de hj, acho q falta mais criatividade à equipe. Passar boa parte do jogo à base de lançamentos longos, contando com a falha da zaga adversária, ou jogada de linha de fundo parece pouco para quem deseja ser campeão europeu.