quinta-feira, 12 de junho de 2008

Deu Sport, de Recife


O Sport Club Corinthians Paulista começou o jogo exatamente como não devia: na retranca. Ao invés de começar na pressão, como no jogo realizado no Morumbi, e marcar um gol no início da partida para deixar a situação mais confortável, preferiu aguardar o time do Sport de Recife.

Já o Sport, bom, o time de Recife fez a lição como o professor Nelsinho Baptista pediu: começou com a iniciativa, pressionando... até que surgiu o gol. Com o apoio da torcida, e que torcida, embalou e fez logo o segundo, para o desespero dos corintianos.

Para o Corinthians bastava um empate, ou até mesmo uma derrota por um gol de diferença para levar o título da Copa do Brasil, pois no jogo realizado semana passada havia ganhado por 3 a 1.

Sport 2 x 0 Corinthians. Resultado justo para o que foi visto em campo no Recife. Uma equipe empenhada em conquistar o título inédito da Copa do Brasil, a outra pensando já tê-lo conquistado com uma vitória em casa. Mas o futebol não é assim! O futebol deve ser jogado sempre com dedicação, do início ao fim. Foi o que faltou ao Corinthians, que perdeu quando não devia.

A arbitragem também deixou a desejar. Mas isso são outros quinhentos, os méritos são mesmo do Sport, que jogou melhor e aproveitou as oportunidades de gol.

Para os corintianos: levantar a cabeça e manter a campanha impecável que vêm realizando na Série B do Campeonato Brasileiro. Para o time do Sport: comemorar o título inédito e se preparar para a Copa Libertadores de 2009.

Decisão é assim mesmo: uns choram, outros festejam de alegria.


2 comentários:

Black disse...

CAZÁ, CAZÁ, CAZÁ, CAZÁ, CAZÁ
SPORT, SPORT, SPORT, SPORT

caiofa_1990 disse...

Cara realmente não dá para acreditar que o Corinthians perdeu, já estava com a mão na taça, mas enfim esse texto realmente está muito bom e falando a verdade, que o sport merecia.
Abraço